domingo, 30 de janeiro de 2011

Desabafo.

Ódio, medo, dor, desespero. Sim, são esses sentimentos que estão tomando conta de mim cada vez mais...
Ódio de tudo, tudo ao meu redor, de tudo e de todos, pessoas falsas, que usam mascáras para enganar os outros, e inclusive a mim...
Medo, medo do mundo e das pessoas, hoje em dia o mundo esta muito egoísta, nojento, individualista, esta difícil de se viver, tenho de confiar desconfiando...
Dor, ela sempre me acompanha, desde sempre, é uma dor incurável, não tem remédio pra isso...
Desespero, ele também sempre me acompanhou...
Estou em um lugar desconhecido, um lugar que não vejo saída, por mais que eu ande, eu não encontro, esse lugar se chama escuridão, ando cegamente para um lado e para o outro, mas não encontro nenhum fecho de luz,  quem me trouxe aqui? foi o ódio, o medo, a dor e o desespero, eles fazem de mim sua escrava, alimento as maldades que cada um tráz dentro de si.
Sinto-me impotente diante deles, eu sou apenas uma garota que quer ser feliz, mas eles não deixam-me buscar minha felicidade, não encontro forças para isso, e quem me fez conhecer o ódio, o medo, a dor e a tristeza? foram meus problemos, tentativas sem sucesso, eles sempre estão por perto de mim, e parece que estão se multiplicando, e um problema matemático sem soluções.
O que permanece em minha alma é a fé, a fé que tenho em Deus, sim, só ele pode me tirar da escuridão e me levar pra um lugar onde só tem luz, onde a cor preta é inexistente.
Eu tenho fé e esperança, essas são as únicas coisas q o ódio, o medo, a dor e o desespero não conseguiram tirar de mim, e não tirarão. Se quiserem me torturar, que torturem, podem até me matar, mas a fé e a esperança morrerão junto a mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário